"Desafios da Escrita"

 
 

JAÍRA RUAS

Professora de Português e Literatura e revisora estilísitica.

 
 
 

O segredo do amor

Sarah Emmanuelle Burg (Ed. Gaivota)

 

 

O livro “O Segredo do Amor” é um livro de imagens, por isso nesse desafio da escrita vamos partir das ilustrações para refletirmos mais profundamente sobre o” caráter figurativo da linguagem”, tema preferido de um importante filósofo. Resolvemos fazer essa experiência nessa obra literária tão rica nas representações ilustrativas, partindo do conhecimento  que tanto a escrita quanto a ilustração constroem simbolicamente uma mensagem. 

 

 

 

 

Vamos mergulhar nessa obra literária e ver como isso acontece?

Não há palavras no livro. As ilustrações vão contando a história. Eis o primeiro desafio da escrita: escrever o texto. Desafio ousado, pois “a ilustração jamais pode ser um mero suporte do texto escrito --- ela está a serviço da palavra criativa, mas tem sua autonomia enquanto criação.” Isso está escrito no próprio livro, mas vamos narrar a história, através do nosso olhar, num tempo presente imaginário.

 

 

 

    

 

Puxam pra lá, pra cá, entre puxões lutam pela posse da flor. Ela não resiste. Parte-se em dois. Fica em cada mão uma metade. Decepção, raiva, remorso expressos nos rostos e nas atitudes de ambos provocam a separação.

   

 

 

 

Afastam-se. Ela tenta aproximar-se, ele rejeita, ela chora. Foi cada um para o seu lado, enquanto a flor permanecia no chão, dividida em dois. Veio o vento e levou os pedaços daquele coração partido.

    

 

 

 

Eles se reencontram no caminho. Ele se desculpa. 

Ela o rejeita. Ele tenta reconquistá-la com um presente, mas ela não aceita.

 

 

 
 

   

 

Voltam a se encontrar. Dessa vez ela trouxe um presente para ele também. Trocam os presentes. Tiveram a mesma ideia! Os presentes são sementes daquela flor que os havia separado. Plantam uma semente ao lado da outra. Acompanham o crescimento até o desabrochar de duas flores vermelhas em forma de coração que se multiplicam em muitas flores naquele caminho onde de mãos dadas continuaram a percorrer.  

 

 

 

O segundo desafio é constatar o que a escrita acrescentou na compreensão da história. O que está oculto sob essa forma de linguagem? Tanto na escrita quanto na ilustração, deparamo-nos com representações da realidade. A essência do tema desenvolvido na história “o segredo do amor” surge nos elementos simbólicos em relação ao amor: flor vermelha em forma de coração, mãos dadas, presentes, expressões do rosto, gestos...no entanto, todas as tentativas de representar a realidade são limitadas. É uma simples história onde o amor consiste em perdoar, doar e cuidar ou um questionamento sobre o que é o amor? Qual o seu segredo?Esse livro é para todas as pessoas de qualquer idade, onde irão descobrir nele muitos segredos. Lembrem-se, contudo, o que o filósofo estudioso do” caráter representativo da linguagem” afirma: não devemos querer descobrir o que “supostamente esteja sob a linguagem, pois o que não pode ser dito, deve ser apenas mostrado”, pois existe com certeza “ o indizível”.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
mar/2016